segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Quero



Quero

Quero levar o meu amor ao coração triste
Uma prece que ninguém orou, quero rezar
Abusar da tristeza que em meu viver insiste
Quero aguar a flor antes mesmo de murchar.

Quero estende a qualquer um minha mão
Qualquer um; não quer dizer um qualquer
Eu quero ser firme a mim e ao meu coração
Quero ter o conceito que merece a mulher.

Quero repartir sem nada pedir em escambo
Quero amar sem nem um tipo de cobrança
Quero ser responsável e ser eterna criança.

Quero respeitar as opiniões e ter as minhas
Livremente estar presa as minhas amizades
Ter fé em Deus aqui e noutras eternidades!

ღRaquel Ordonesღ
Uberlândia MG 27/08/12

Um comentário:

  1. Qualquer um; não quer dizer um qualquer: gostei disso poetisa. Bjs

    ResponderExcluir